terça-feira, 15 de maio de 2012

Os plenilúnios e suas regências.






JANEIRO
Plenilúnio em Câncer
Sol em Capricórnio
“A Lua da Renovação da Terra”


Este plenilúnio facilita o afastamento de dependências e carências emocionais por câncer ser um signo de água e reger os sentimentos, e capricórnio com sua qualidade de signo cardinal nos dá a força para recomeçar, é o momento ideal para nutrirmos as nossas crianças interiores, purificar emoções que estejam mal resolvidas por assuntos antigos;
Divindades:
Deuses: Todos os Deuses naturais de Saturno; Shiva, Cronos, Pan.
Deusas: Todas as Deusas Lunares ligadas ao mar primordial, Yemanjá, Isis.
Sabbat Regente: Litha
 A matriarca da Primeira Lunação:
“Aquela que fala com todos os Seres”.
Guardiã do aprendizado e da verdade rege o tempo e as estações, nos ensina a sabedoria do ritmo da vida e a comunhão com a natureza para o equilíbrio do espírito.




FEVEREIRO
Plenilúnio em Leão
Sol em Aquário
“A Lua Vermelha da Purificação”

A interação de dois signos  de qualidades masculina e fixa neste plenilúnio expande a consciência da humanidade e  procura  o equilíbrio entre a busca da individualidade como característica de amor próprio, e a comunidade como grupo de apoio para evolução. Este plenilúnio torna a consciência planetária visionária. A constelação de Leão tem como elemento de domínio o fogo que enfatiza a sua capacidade de criar e sua individualidade, sob o domínio de leão também está  a expansão da capacidade de amar e a coragem enquanto Aquário é um signo regido pelo elemento ar que busca uma nova consciência social  e a interação do grupo.
Divindades:
Deuses – Urano, Orion, Ganesh e todos os deuses de características uranianas.
Deusas – Deusas solares como; Bast, Brid e Amaterasu.
Sabbat Regente : Lammas
A Matriarca da segunda Lunação:
“A Guardiã das Tradições Sagradas”
Guardiã da Sabedoria rege as tradições sagradas e a memória do conhecimento planetário, nos dá a noção de família como um todo, reafirmando os laços com nossos irmãos da criação, nos ensina a encontrar sabedoria, aceitando o espaço sagrado de cada ser.,




MARÇO
Plenilúnio em Virgem
Sol em Peixes
“A Lua da colheita”
Esta lua favorece a abertura da percepção psíquica; é a colheita das sementes preparadas no plenilúnio em peixes  que agora já estão prontas e aguardam o momento de  serem retiradas da terra,é a data  ideal para práticas oraculares pois a mediunidade pertence ao mundo pisciano  e uso prático desta é regido por virgem , indica também um plenilúnio de reflexão pelo trânsito do sol em um dos signos mais velhos do zodíaco que carrega um pouco dos ensinamentos de cada um dos outros.
Divindades:
Deusas: Afrodite, Yemanjá e todas as Deusas do Mar.
Deuses: Dammuzi, Tammuz, Osíris e todos os Deuses Telúricos.
Sabbat Regente: Mabon
A Matriarca da Terceira Lunação
“A Mulher do Sol Poente”
É a guardiã das gerações futuras, nos ensina a encontrar a verdade pessoal encarando o futuro sem medo e manifestando as nossas visões na terra. Somos responsáveis pelas próximas sete gerações e não devemos lhe deixar uma imagem doentia e fragmentada.


ABRIL
Plenilúnio em Libra.
Sol em Áries.
“A Lua das Árvores que Crescem”
Libra é um signo de   ar, que rege os relacionamentos, as associações e o grupo como sociedade, o signo de Libra representa o equilíbrio e cooperação, tem como regente natural Vênus a Deusa do amor que facilita o seu domínio sobre os relacionamentos.Áries é regido por Marte o Senhor da guerra, que doa ao seu filho a iniciativa, coragem e consciência do Eu para conseguir o que deseja, o plenilúnio pertencente a libra é ideal para ponderarmos  a nossa face guerreira com a face amante, buscando assim um melhor aproveitamento das energias , podendo resultar em maior tato e diplomacia para nossas ambições. Por marcar o inicio do ano  novo zodiacal esta lunação também está ligada a renovação e crescimento.
Divindades:
Deuses : Marte, Ares, Tyr e todos os Deuses guerreiros.
Deusas: Afrodite, Vênus, Freya, Maat e Athena.
Sabbat Regente: Mabon
A Matriarca da quarta Lunação
“Aquela que vê longe”.
É a guardiã dos sonhos, nos ensina a usar a força de nossos pensamentos e sentimentos para alcançar o que desejamos, rege a magia da vontade e nos guia para o descobrimento de nosso potencial pessoal.





MAIO
Plenilúnio em Escorpião
Sol em Touro
“A Lua Escura das Folhas que Caem”
A passagem da Lua pela constelação de escorpião, traz  mediunidade, capacidade de presságio, intuição aguçada, pode também trazer uma sede de poder em seu lado negro,trabalhar esta lua requer   cuidado pois estamos  em um período que é regido pela escuridão , a morte do Deus Sol.
Escorpião domina o submundo e a morte,tendo como regente natural Plutão, o Deus das sombras.
Com este plenilúnio é possível ir as profundezas do mundo avernal, desde que tenhamos conhecimento e vivência para controlar esta energia,mesmo para aqueles que se sentem mais distantes deste culto,ou das religiões pagãs, serão influenciados pela posição da Lua que trará uma hipersensibilidade e uma vontade de conhecimento do oculto.
Esta Lua dá a capacidade de avaliação do peso morto que carregamos, a iluminação das sombras interiores para poder transmutá-las.
Divindades:
Deuses: Pan, Dionísio, Fauno, Baal, Dagda e todos os Deuses telúricos.
Deusas: Hécate, Lilith, Morrigan, Kali, Ereshkigal e todas as Deusas escuras.
Sabbat Regente: Samhain
A Matriarca da quinta Lunação
“Aquela que Ouve”.
É a guardiã do silêncio, nos ensina a silenciar para ouvir a voz interior que nos guia,as mensagens que estão ocultas e o silêncio pode revelá-las.Encontrando assim a calma e a paz necessária para transformarmos as nossas vidas.





JUNHO
Plenilúnio em Sagitário
Sol em Gêmeos
“A Lua dos Lobos”

Sagitário é um signo que tem por característica ser visionário e filosófico, buscando  a amplitude de sua visão de todas as formas, é representado por um centauro demonstrando sua natureza livre e indomada pela parte animal, e filosófica e espiritual pelo homem que olha para o céu em busca de respostas  é guiado pela fé e mostra-se diversas vezes intuitivo, enquanto gêmeos é um signo guiado pela razão e lógica, buscando sempre a compreensão das coisas materiais, este plenilúnio facilita a criação de um objetivo para podermos buscar ele com ambas as energias,é uma lua de conhecimento,por isso trace novos projetos e trabalhe mentalmente para a concretização deles.
Divindades:
Deuses: Mercúrio, Hermes  e Thot
Deusas: Ártemis e Diana.
Sabbat Regente : Samhain
A Matriarca da sexta Lunação
“A Contadora de Histórias”.
Nos ensina o equilíbrio entre o sagrado e o profano, ensina por meio de contos e histórias já vivenciadas, preserva a tradição oral de nossos ancestrais, e busca ensinar através da experiência. Nos ensina o relacionamento correto com os nossos irmãos da criação.




JULHO
Plenilúnio em Capricórnio
Sol em Câncer
“Lua da Benção”
Usando as qualidades telúricas de Capricórnio como responsabilidade e perseverança, cria-se uma estrutura segura para direcionar e desenvolver a sensibilidade psíquica da água e da lua .Esta lua favorece a abertura psíquica para a compreensão do eu e o uso prático desta, assim como o retorno as raízes para receber as orientações do Eu Divino.
Divindades:
Deuses: Shiva,Thot, Horus e todos os Deuses lunares.
Deusas : o Aspecto Maternal das Deusas.
Sabbat Regente : Yule
A Matriarca da sétima Lunação
“Aquela que Ama Todas as Coisas”
Guardiã do amor incondicional, ensina o amor e a compaixão e a amar o self sem restrições.Ela nos ajuda a curar as feridas do passado.





AGOSTO
Plenilúnio em Aquário
Sol em Leão
“A Lua da Promessa”
O plenilúnio de aquário pertence a deusas de atividade, poder intelectual e ação, divindades de natureza uraniana que trazem  a força de libertação, o impulso para o livre, aquário nos dá a consciência do grupo e leão a força de expansão, ideal para a interação com novas pessoas ou a inserção em um novo meio social.


Divindades:
Deuses:Apolo, Lugh , Baldur e todos os Deuses Solares.
Deusas: Athena,Brid e todas as Deusas Donzelas.
Sabbat Regente: Imbolc
A matriarca da oitava Lunação:
“Aquela que cura”.
A guardiã das artes curativas,e dos ritos de passagem nos ensina a abrir mão dos julgamentos e conceitos passados para o busca do novo.


SETEMBRO
Plenilúnio em Peixes
Sol em Virgem
“A Lua da Lebre”
Peixes, é simbolismo do ancestral e do passado, enquanto virgem rege a rotina e a realidade temporal, um plenilúnio em peixes incentiva a conexão com o eu espiritual mais elevado, e o contraponto com o  sol em virgem nos dá a oportunidade de criar novos planos e metas em âmbito espiritual para condensá-los na  matéria usando a praticidade virginiana.


Divindades:
Deusas: Afrodite, Yemanjá e todas as Deusas do Mar.
Deuses: Dammuzi, Tammuz, Osíris e todos os Deuses Telúricos.
Sabbat Regente : Ostara
A Matriarca da nona Lunação
“Aquela que anda com firmeza”
É a mãe da inovação e perseverança, mostra que somos capazes de fazer mudanças por nós mesmos, nos ensina a medida adequada de vontade e poder para transmutar nossas fraquezas, a não depender dos outros para agir.






OUTUBRO
Plenilúnio em Áries
Sol em Libra
“A Lua da Caça”
Nesta lunação deve-se trabalhar o ímpeto e a coragem para atingirmos nosso objetivos e aspirações o sol em  libra trará o equilíbrio racional e a estratégia necessária para isso ,ponderando os relacionamentos anteriores para novas ações e planos.
Divindades:
Deusas:Ártemis, Morrigan e todas as Deusas Guerreiras
Deuses: Dionísio , Krishna , Eros e todos os Deuses do amor.
Sabbat Regente : Beltane
A Matriarca da décima Lunação
“Aquela que tece a teia”
Nos ensina a desenvolver nossas habilidades, destruindo limitações, nos dando o poder de materializar nossos sonhos,




NOVEMBRO
Plenilúnio em Touro
Sol em Escorpião
“A Lua das flores”
Escorpião tem como elemento regente  a água que controla suas emoções intensas e seu magnetismo, as palavras chaves para este plenilúnio são : sexualidade, possessividade, controle,transformação cura. Escorpião facilitará um contato com os nosso demônios interiores a  busca para a libertação destes,é o momento de meditar,  trocar de pele, esta lua trabalha também o despertar da energia do Kundaline, através do planeta Vênus. Procure fazer meditações em que o guia o leve à cavernas, vulcões ou grutas.
Divindades:
Deusas:Hathor, Perséfone, Afrodite.
Deuses:Anúbis, Hades, Plutão e todos os Deuses escuros.
Sabbat Regente: Beltane
A Matriarca da décima Primeira Lunação:
“Aquela que cura”.
A guardiã das artes curativas, e dos ritos de passagem nos ensina a abrir mão dos julgamentos e conceitos passados para o busca do novo.


DEZEMBRO
Plenilúnio em Gêmeos
Sol em Sagitário
“A Lua dos Ventos”
Este plenilúnio traz a racionalização e a avaliação das metas traçadas em junho , traz a reorganização de projetos, e é um bom período para trabalhar o estudo e o conhecimento terreno, os alvos traçados nesta época terão sua concretização em junho , ou só serão refeitos em dezembro no plenilúnio de Gêmeos.
Divindades:
Deuses: Zeus, Júpiter,Thor.
Deusas: Athena , Minerva e Brid.
Sabbat Regente: Litha
A Matriarca da décima segunda Lunação:
“Aquela que agradece as dádivas”
Não importa a dificuldade ou desafio deve-se agradecer por essas oportunidades que nos permite desenvolver a força interior.











*esquema de correlação astro-deus extraído de Mirella Faur em o Anuário da grande mãe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário