sábado, 5 de maio de 2012

A Sacerdotisa - II



A Sabedoria, a Gnose, a Casa de Deus e do homem, o santuário, a lei, a Cabala, a igreja oculta, a reflexão.
Fala também do binário, do princípio feminino, receptivo, materno.
Mistério. Intuição. Piedade. Paciência, influência saturnina passiva.
Interpretações usuais na cartomancia
Reserva, discrição, silêncio, meditação, fé, confiança atenta. Paciência, sentimento religioso, resignação. Favorável às coisas ocultas.
Mental: Grande riqueza de idéias. Responde a problemas concretos melhor do que a questões vagas.
Emocional: É amistosa, recebe bem. Mas não é afetuosa.
Físico: Situação garantida, poder sobre os acontecimentos, revelação de coisas ocultas, segurança de triunfo sobre o mal. Boa saúde, mas com um ritmo físico lento.
Sentido negativo: Dissimulação, hipocrisia, intenções secretas. Mesquinharia, inação, preguiça. Beatice. Rancor, disposição hostil ou indiferença. Misticismo absorvente, fanático. Peso, passividade, carga. As intuições que traz invertem seu sentido e se tornam falsas. Atraso, lentidão nas realizações.




A carta A Suma Sacerdotisa é a representação simbólica do incógnito, que tudo é visível mas que nada se descobre.
É a barreira que interliga o mundo consciente e o inconsciente e que alberga os seus segredos.
Quando esta carta é sorteada na posição Presente, significa frequentemente que você deve auto-analisar-se de forma a desbloquear as suas recordações, potenciar as suas capacidades ocultas e seguir os seus instintos ao longo do seu caminho.
Tente abstrair-se do aparente da sua vida, tente retirar o superficial e ver para além do que é evidente, tente visualizar de uma forma mais profunda o significado que a carta representa para si.
De uma forma geral esta carta caracteriza o domínio feminino representando o poder etéreo e instintivo da mulher que confunde a humanidade desde o início dos tempos.
Se a carta sorteada se encontrar na posição Obstáculo então poderá significar o receio de se encontrar a si próprio, talvez o medo de admitir os seus sentimentos perante algo, ou receio de se recordar de algo traumático que lhe tenha acontecido.
Nesse caso deverá usar a sua intuição para o guiar, e antes de mais, admitir os seus sentimentos perante si próprio pois só assim poderá alcançar a verdade e paz que deseja.
Se a carta lançada for do tipo Resultado, então significará que brevemente irão ser-lhe desvendados segredos misteriosos, talvez do seu “eu” interior, ou do universo que o rodeia.
Caso a carta lançada for relacionada com o Passado então provavelmente terá que fazer uma “viagem ao passado”, tente fazer uma introspecção das suas recordações, algo que tenha acontecido ou que tenha sido dito no passado poderá resolver-lhe a questão que colocou.
Esta carta sugere-lhe confiança na sua própria intuição.

fonte:http://www.web-tarot.com/pt/os-arcanos-maiores/a-suma-sacerdotisa.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário