quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Gêmeos - Eu penso.

Articulado e inquieto, o geminiano fala pelos cotovelos até mesmo com aquele antissocial desligado, podendo manter o nível de conversação com as mais diferentes culturas; sempre super lotado de atividades sente necessidade de passar as informações adiante, é aquele que está sempre por dentro das novidades da turma, dos acontecimentos mundias e até da teoria clássica. Gêmeos é a diversidade.
É natural que tenham muitas atividades, como conversar com alguém e ligar a tv, comentando sobre o dia enquanto prepara a janta e revê a lista de compras do super. Quando percebe não terminou nenhuma das ações que começou.
Como é formado por várias opiniões próprias o geminano não segue padrões, é inconstante e é possível perceber isto até na maneira que se comportam. Não gostam do uniforme e nem do comum. Nativos de mercúrio mantém um movimento acelerado e uma personalidade irriquieta.
Não procure discutir com um geminiano, ele vai dar a volta e é provável que no fim você mesmo acabe dando razão aos argumentos dele. São ótimos negociantes e extremamente perspicazes.
Porém podem ser superficiais entendiando-se facilmente em relacionamentos monótonos , se quiser prender um geminiano dê movimento a vida dele, frequente lugares novos e curiosos, é de gêmeos o exercício mental, mantenha o flerte, o geminiano flertará até mesmo depois do casamento, é importante para eles o jogo da conquista.
Como senhores de comunicação gêmeos sempre tem argumentos incríveis, porém eles mesmos mudam de opinião rapidamente, muitas vezes em minutos acredita-se estar falando com uma pessoa totalmente diferente.
Assim como é capaz de convencer qualquer um de seus ideais por muitas vezes ele morre pela boca, revelando argumentos que teria completamente desnecessários.
Sente-se profundamente incomodado quando tem que estar preso ou sem contato social, é possível que se deprima em ambientes fechados e sem movimento. Necessita de contato e de pessoas. Na adolescência a maior punição para um geminiano é retê-lo em casa, não permitir que saia, que viaje, que tenha vida social, durante a evolução dos anos torna-se mais comedido mas ainda fere-se profundamente quando excluído socialmente.

Por @Moara Steinke

Nenhum comentário:

Postar um comentário